Yoga Científica

Yoga é um dos seis sistemas filosóficos ortodoxos indianos.

 

Uma das mais antigas civilizações do mundo desenvolveu-se por volta de 3000 a.C. no vale fértil do rio Indo. Escavações indicaram a existência de uma civilização desenvolvida, com cidades bem planejadas e escrita própria (ainda não decifrada).

 

Existem, por exemplo, peças de argila com figuras humanas foram posteriormente relacionadas à Yoga, sugerindo que ela já fosse conhecida por essa civilização há mais de 2.500 anos antes de Cristo.

 

A Yoga manteve-se por longo tempo como uma tradição oral até o primeiro texto conhecido, Yoga Sutras de Patanjali, que viveu aproximadamente entre os séculos II a.C – II d.C. Neste texto, a Yoga é descrita em oito itens, partindo de um código de ética, passando por aspectos físicos e mentais, culminando na integração de todos os aspectos ser humano. O estudo científico da Yoga teve início na Índia com o Swami Kuvalayanda em 1924.

 

O objetivo da Yoga Científica é trazer os conhecimentos da filosofia prática indiana para o homem moderno, sem excluir uma visão holística, que busca o equilíbrio e o bem-estar físico e mental através de posturas estáveis (mantidas confortavelmente através do relaxamento do esforço com a mente concentrada), controle da respiração, desenvolvimento da atenção e práticas de meditação. A prática da Yoga proporciona alongamento, flexibilidade, força, equilíbrio, melhora da postura corporal, concentração e relaxamento.

 

Saiba mais no site do Instituto de Yoga Científica Lonavla: aqui