Cultura Indus Saravasti

Desde aprox. 3500 a.C. existe uma cultura chamada Indus Saravasti que esteve presente em uma importante civilização até 1500 a.C. de mesmo nome, também conhecida como Civilização do Vale do Rio Indus ou Harappiana.

Existem inúmeros sítios arqueológicos dessa civilização entre a parte do rio Indus no Paquistão hoje e onde havia um rio chamado Saravasti na Índia.

Conhecimento, método e treinamento desta cultura

Como sugerido no selo acima de 2000 a 2350 a.C., com uma pessoa em posição de meditação e vários símbolos que encontramos na imagem do deus Shiva hoje, e datas das escrituras mais antigas do Hinduísmo, os Vedas (aprox. 2000 a.C.), o conhecimento e métodos de treinamento de nossas mentes surgiram nessas regiões há alguns milênios e seguem presentes até hoje.

Conhecimentos disponíveis

Junto com as escrituras mais antigas dos Vedas, temos acesso hoje aos textos e tradições mais recentes, como os Upanishads, Vedanta, Bhagavagita, Hatha Yoga, tantos conhecimentos do Hinduísmo e de tradições posteriores como o Budismo, Jainismo e o Sikhismo, disponíveis com traduções para o português e inglês.

Viajar nesses países significa inevitavelmente entrar em contato com culturas onde esses conhecimentos estão presentes há alguns milênios. Temos contato com diversas tradições através dos costumes de cada pessoa, etnias e templos com inúmeras abordagens sobre essas filosofias e treinamentos.

Uso em nossos dia-a-dias

Há um diálogo e intercâmbio de conhecimentos muito ricos hoje entre as ciências ocidentais, como a psicologia, neurociências, física quântica, e as ciências milenares da Índia, Nepal, Butão e Tibete.

Assim, temos acesso hoje a uma série de livros, palestras e cursos sobre temas que podem ser de grande importância em nossos dias, como meditação, inteligência emocional, equilíbrio emocional, liderança e filosofia, que têm uma ligação direta com os conhecimentos desses países.

Contribuições para a viagem

Quando montarmos seu programa de viagem vamos conversar sobre que forma podemos combinar suas experiências nesses países com esses assuntos que forem do seu interesse, através de visitas a museus, templosashrams, monastérios, locais de importância histórica ou mesmo cursos caso interessem e haja tempo para fazê-los dessa vez.

Esses assuntos seguramente farão parte das nossas conversas sobre os preparativos como imaginamos que de alguma forma farão parte das suas experiências durante a viagem.